Venha morar na Alemanha

Uma das experiências que mais recomendo é a de morar fora do país. Não importa a idade; por um período longo ou curto: é uma experiência muito enriquecedora e que muda muito o jeito de ver o mundo e as pessoas. Só que nem sempre é fácil passar pelos tramites de pedido de visto. Então qualquer mudança em direção a facilitar este processo é sempre bem-vinda!

Morar na Alemanha

O número de pessoas que sonham em viver na Alemanha é grande. Tiro como base a quantidade de mensagens que recebo através deste blog. Muitos acreditam ser um sonho difícil de ser realizado… 

Arbeitsamt

“AA-Leipzig” por Bettenburg. Licenciado sob CC BY-SA 2.0 de via Wikimedia Commons

Mas agora os governos da Alemanha e do Brasil estão em entendimento sobre o Programa Férias-Trabalho – Ferienarbeitsaufenthaltsprogramm – que vai conceder vistos para jovens alemães e brasileiros entre 18 e 30 anos. O objetivo é estreitar a cooperação entre os dois países, possibilitando aos jovens conhecer sobre o cotidiano e a cultura do países em questão e adquirir experiência de trabalho.

Visto Férias-Trabalho

O visto vai permitir que os jovens exerçam atividade remunerada temporária para complementar os recursos financeiros da viagem ou da formação.
O memorando pode ser lido por completo, mas deixo aqui os pontos mais importantes que estão sendo firmados para este visto:
1 – será concedido apenas para jovens que tenham entre 18 e 30 anos no momento da solicitação
2 – não será expedido para familiares dependentes
3 – terá validade máxima de um ano
4 – não haverá necessidade de autorização por parte da Agência Federal do Trabalho
5 – os participantes não deveram trabalhar por mais de 6 meses para o mesmo empregador
6 – os participantes deverão fazer um ou mais cursos de aperfeiçoamento com duração total de até seis meses durante a estada na Alemanha
7 – os participantes deverão ter plano de saúde e seguro contra acidentes válidos pelo período completo de estada na Alemanha
8 – os participantes deverão em mãos o passaporte válido e a passagem de retorno ao Brasil
9 – os participantes deverão dispor de recursos financeiros para sustento próprio durante o início do período de estada na Alemanha
10 – os participantes devem cumprir as normas legais para entrada na Alemanha

Tim-tim por tim-tim

Ponto 1 – A idade coberta é bem grande. Como as pessoas terminam o curso universitário relativamente cedo no Brasil, será uma boa oportunidade para fazer algo bem direcionado já na carreira escolhida.
Ponto 2 – Aqueles que construíram família cedo, não poderão ser acompanhados nem de filhos nem de cônjuges pois o visto não é extensivo aos familiares, de acordo com o ponto 2 logo acima.
Ponto 3 – Significa que este visto não será prolongado.
Ponto 4 – Um grande progresso: como o visto já prevê o trabalho, não haverá necessidade de autorização expedita pelo Departamento de Estrangeiros (Ausländerbehörde) nem pela Agência Federal de Trabalho (Arbeitsamt). No entanto, o registro no Departamento de Estrangeiros é obrigatório independente do tipo de visto.
Ponto 5 – Um período mais longo descaracterizaria a ideia de trabalho de férias.
Ponto 6 – Fica claro que o objetivo do visto é oferecer a oportunidade de conhecimento da cultura e da vida na Alemanha. Quem está pensando em trabalhar aqui para fazer dinheiro é melhor desistir ou procurar outro tipo de visto que permita isso.
Ponto 7 –  É importante que o seguro feito pelo participante ofereça cobertura ampla equivalente ao seguro do sistema alemão.
Ponto 8 – Quem não tiver a passagem de volta, deve comprovar que tem recursos suficientes para comprar a passagem de retorno ao Brasil.
Ponto 9 – Querer entrar na Alemanha zerado (ou quase), contando com o dinheiro que pode ganhar no trabalho de férias, não rola. O valor será estipulado para sustento próprio inicial será estipulado e divulgado pelas autoridades competentes.
Ponto 10 – Ter antecedentes criminais e já ter sido deportado de algum país são motivos para ter o visto negado.

Outros detalhes

selecionar pessoas

Image courtesy of pakorn at  FreeDigitalPhotos.net

Os custos e as taxas para pedido de visto serão desembolsados pelos candidatos ao programa. O fato de cumprir todos os pontos não implica que o visto será concedido. Além disso, haverá um número de participantes a ser admitidos anualmente pelo programa de férias-trabalho. Nunca é demais lembrar que as leis e normas alemãs vigentes devem ser respeitadas.O visto deve ser requerido junto às representações diplomáticas da República Federal da Alemanha no Brasil. Mas não adianta sair correndo com os papéis para dar entrada no pedido de visto. O governo brasileiro ainda precisa informar o lado alemão sobre a conclusão dos trâmites internos para a implementação dentro de 30 dias, a partir da data de assinatura do memorando – 13 de fevereiro.

E aí? O que você acha do programa?

8 Responses to “Venha morar na Alemanha

  • E aii, tudo bom?
    Já se passaram os 30 dias e não encontrei novas notícias a respeito.
    Vocês sabem de algo?

  • Oi, Fernanda!
    Pois é, os 30 dias já se passaram, mas até agora não obtive nenhuma informação concreta se o programa já está valendo.
    Assim que tiver uma resposta, eu venho aqui esclarecer 🙂 Obrigada pela visita e pelo interesse!
    Um abraço!

  • Olá! E no caso da pessoa que já tem a dupla cidadania, o governo tem algum tipo de incentivo e quais são as condições? Saberia me informar? Obrigada!!!

  • Olá!
    Sim, quem tem dupla cidadania se enquadra em outra situação. Existem algumas diferenças dependendo da sua segunda nacionalidade, ou seja, se é alemã ou de outro país da União Européia.
    O espaço aqui é pequeno para escrever tantos detalhes. Se quiser, entre em contato por e-mail, assim posso escrever sobre outros detalhes.
    Um abraço!

  • Oii! estou procurando mais informações sobre esse visto e não encontrei mais nada desde fevereiro…
    tem alguma informação?
    grata

  • Oi, Lura!
    Infelizmente estou na mesma situação. Ninguém sabe informar sobre o programa. Faltavam alguns detalhes (especialmente da parte brasileira) para que o acordo entrassem em vigor. Havia uma data limite pra cumprir as exigências. Creio que a data tenha passado e nada tenha acontecido. Daí, é provável que tudo que discutiram antes tenha perdido a validade 🙁 É uma pena!
    Um abraço!

  • Então alguém aqui ja conseguiu ir pra la ?

  • Olá!
    Essa é a pergunta que eu mesma me faço… Infelizmente ninguém consegue me responder e algumas pessoas nem sabem da existência desse acordo 🙁 Como havia um prazo para que as exigências fossem cumpridas antes de entrar em vigor, acho que foi tudo por água abaixo!
    Parece mentira, mas não encontro absolutamente nada novo a respeito; tudo que encontro tem data velha.
    Um abraço!

Deixe uma resposta para Lura Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *