Cadê o Muro?

Um dos 100 blocos com histórias do Muro de Berlin

©Cerveja e Salsicha | Um dos 100 blocos com histórias do Muro de Berlin

Parece que o tema ‘muro’ está bem atual no momento. Enquanto uns comemoram a queda e a união, outros preferem a separação e a construção de barreiras. Nunca me esquecerei de um postal que comprei quando ainda entrava na adolescência que dizia: ‘Os homens deveriam construir mais pontes’. Bem, os anos se passaram e continuo acreditando que precisamos mesmo de pontes e não de muros. Mas a atualidade do tema tem a ver também com as comemorações de 25 anos da Queda do Muro de Berlin.

Cadê o Muro?

Estão planejadas várias atividades para os dias 7, 8 e 9 de novembro, entre elas uma instalação de balões iluminados marcando parte do percurso por onde o Muro passava. Christopher e Marc Bauder idealizaram a instalação que evoca a dimensão e a brutalidade do Muro.
Todo mundo quando vem visitar a cidade (e quem mora em Berlin e já recebeu visita sabe como é) logo começa a perguntar: ‘Aqui era a parte ocidental ou oriental?’, ‘Aquilo ali é resto do Muro?’ e etc. Percebo que cada vez mais as marcas físicas do Muro vão desaparecendo. É incrível como nos últimos 5 anos, subiram construções nas áreas bem próximas a antiga fronteira. Algumas partes do Muro foram inclusive removidas para ceder aos interesses imobiliários.
Restos do antigo muro (d.) e a instalação de luzes (e.)

©Cerveja e Salsicha | Restos do antigo muro (d.) e a instalação de luzes (e.)

Que bom que ele caiu! Mas não posso concordar com a descaracterização de um símbolo histórico tão importante. Não sobrou tanta coisa assim, então acho que aquilo que resta deve ser preservado, lembrado, visto e vivenciado para que não se repita. Nem aqui, nem em qualquer outro lugar.

2 Responses to “Cadê o Muro?

  • Acho que até tem bastante lugar que dê pra ver os resquícios do muro… Estou em Berlim agora e a comemoração da queda do muro estão linda! Se quiserem acompanhar: http://instagram.com/taindopraonde ou https://www.facebook.com/taindopraonde

  • Oi, Fernanda!
    Que bom que você está na cidade e pode acompanhar as comemorações de 25 anos de queda do Muro de Berlin.
    Infelizmente discordo de você. Quando falo em restos e descaracterização não me refiro somente ao Muro (construção de concreto) mas também à área próxima. Sobrou pouco na formação, no local e no tamanho originais e mesmo esse pouco vem sendo"apagado".
    Um abraço e curta a festa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *