Palavras em extinção

Para encerrar os artigos sobre o dia da língua alemã, o tema de hoje é palavras em extinção. Em qualquer língua novas palavras surgem enquanto outras são esquecidas, caem de uso e enfim morrem.

Como as palavras morrem

"EdisonPhonograph" por Norman Bruderhofer, www.cylinder.de - own work.  CC BY-SA  3.0 via Wikimedia Commons

“EdisonPhonograph” por Norman Bruderhofer, www.cylinder.de – own work. CC BY-SA 3.0 via Wikimedia Commons

Palavras podem entram em vias de extinção junto com aquilo que elas denominavam. Fonógrafo, por exemplo, um aparelho capaz de reproduzir sons.  Outras são substituídas por novos vocábulos, como é o caso de porta-seios (pelo menos no português brasileiro) que foi substituído pelo soutien (francês) e que acabou virando sutiã mesmo. No caso do soutien, além da substituição, temos também um empréstimo de outra língua.

Aussterbende Wörter

Em alemão não é diferente. Palavras nascem e morrem. Palavras estrangeiras ganham a preferência do falante; outras são eingedeutscht (germanizadas).

Pensei então em deixar aqui uma pequena lista de palavras alemãs em extinção… antes que elas morram de vez!

  • Gabelfrühstück – Sabe o que é? Acertou se você pensou em brunch. 
  • Rauke – Muita gente come e gosta, mas só conhece pelo nome de rúcula.
  • Wählscheibe – Disco do telefone. Pois é, em algum momento do passado, os telefones tinham um disco de 0 a 9 para discar o número desejado…
  • Jungfer – mulher jovem e solteira. Aí você pensa: mas tem aos montes hoje em dia. Bem, houve um tempo que as mulheres só tinham relações sexuais após o casamento, pelo menos oficialmente. Daí a importância do significado de solteira. Portanto a palavra quer dizer donzela.
  • Fräulein – Senhorita só é usado se a mulher fizer realmente questão. No alemão moderno, qualquer mulher, independente de idade, do estado civil e se tem filhos ou não é tratada por Frau. A explicação da palavra anterior pode ser aplicada aqui também.
  • Erdapfel – Frita, cozida, assada, purê: é uma delícia. É mais conhecida como Kartoffel.
  • Wilde Ehe – Já diz o ditado: amigado com fé, casado é. Mas nem sempre foi assim… A expressão era usada para os casais que vivam juntos sem casamento no papel.
  • Broiler – é o frango assado, gegrilltes Hähnchen. Muito usado na área da antiga Alemanha Oriental, onde até hoje a palavra ainda é usada.
Você já ouvido ou lido essas palavras? Conhece mais alguma que esteja morrendo?

3 Responses to “Palavras em extinção

  • Quero te pedir uma opinião… Daqui do Brasil eu vejo que os europeus usam muito roupas de inverno preto, marrom, bege… Irei passear por Munique em Dezembro, apenas 3 dias. Estou escolhendo sobretudo, cachecóis e etc em um site estrangeiro ( mais barato e completo) só que acho que sou muito "brasileira" rss e sempre gosto mais das peças vermelhas, azuis turquesas até sobretudo com golas fofinhas rsss. Se eu aparecer assim por aí, serei brega? O site é a AliExpress.

  • Oi, Fernanda!
    Olha, o inverno não é só preto, marrom e bege 😉 Encontro muitas peças em verde, vermelho, azul-marinho e até mesmo cores mais luminosas e alegres como laranja, verde-limão, pink, etc. Muita gente prefere o pretinho porque vai bem com tudo, né?
    Dei uma olhada no site que vc mandou. Os casacos, coletes e sobretudos que vi por lá, vc encontraria aqui tb. Ou seja, tudo em ordem. Portanto, acho que não precisa ficar com medo de utilizar algo mais colorido, certo?
    Beijos e boas compras! Ah! E depois diga qual foi a cor escolhida, tá? 😉

Deixe uma resposta para Fernanda Uberlândia Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *