Linguagem de casal

E o assunto deste quarto artigo da série amor é sobre a linguagem de casal. Já foi tratado aqui sobre paquera e o primeiro encontro.
No Brasil, é comum depois de um tempo que o casal usem apelidos carinhosos um com o outro. Quem está de fora, muitas vezes nem entende o motivo daquele apelido, mas o casal sabe o que ele representa. Bem, aí o leque de apelidos é infinito e nem daria para colocar num artigo, mas tem aqueles mais comuns como tesouro, amorzinho, gatinho/a, entre outros. E como é essa linguagem de casal na Alemanha?

Animal

Até então eu estava acostumada a ouvir gato/a quando alguém era bonito. Sei também que nos Estados Unidos, uma mulher bonita e sensual é chamada de raposa (fox), assim como na língua árabe é costume comparar uma mulher bonita à gazela. No entanto, isso nunca me causou estranheza. Aí eu cheguei na Alemanha.

A primeira vez

Du bist eine Maus

Ouvir pela primeira vez ‘Du bist eine Maus’ foi chocante! Pelo amor, né? Com tanto bicho nesse mundo, tinham que usar… rata?! Naturalmente que fiz uma cara estranha. Pensei logo num monte de ratos nos esgotos, no meio do lixo… Vamos combinar que isso ser usado como elogio passava longe, muito longe da minha cabeça. Logo depois veio a explicação que não era bem assim, que Maus na verdade é um camundongo, um ratinho fofinho, blá blá blá. Mas o mal-entendido já estava formado.

Os apelidos mais usados entre casais

Uma pesquisa realizada na Alemanha revelou que esses são os apelidos mais usados pelos casais. Eles podem ser usados nesta forma mesmo que aparece na lista ou então em variações no diminutivo, como Schatz/Schatzi/Schätzlein/Schätzchen. Mesmo que alguns pareçam um pouco estranhos o objetivo é sempre expressar o amor.
  1. Schatz – tesouro
  2. Liebling – querido/a
  3. Sonnenschein – raio de sol
  4. Engel – anjo
  5. Süße, Süßer – doce
  6. Herz – coração
  7. Mausi – comundonguinho/a
  8. Hase – lebre
  9. Spatz – pardal
  10. Prinz, Prinzessin – príncipe/princesa
Em geral, esses apelidos são utilizados de forma econômica, ou seja, não ficam falando isso a cada três palavras.

Fora da lista

Ficaram fora da lista, mas podem ser ouvidos por aqui com certa frequência: Biene (abelha), Bärchen (ursinho/a), Sternchen (estrelinha) e Kleine (pequena)
Bem, os alemães também são bem criativos com os apelidos entre casais e como no Brasil, tem aqueles apelidos inexplicáveis… coisas de casal.

8 Responses to “Linguagem de casal

  • Lu, eu estou amando essa série, achei muito legal! Achei esses apelidos carinhosos muito fofinhos! O estilo alemão é realmente muito diferente do estilo de paquera do Brasil, e pra falar a verdade sou mais o estilo alemão. Não gosto que mexam comigo na rua, odeio essas cantadas loucas. Sou muito mais uma conversa, não gosto de balada, sou mais um primeiro encontro tão calmo que nem esses, num restaurante, café. Você vai escrever mais sobre o assunto? Estou achando mega interessante.

    beijos!

  • Adorei o post , sei que aqui tem tbém apelidos particulare…mas

    Legal esse post,ratinha! Mamy

  • Ah, Mamy! Ratinha não, né? rsrsrs Que bom que gostou 🙂
    Beijo grande!

  • Marcela,
    que legal 'ler' você por aqui! Sim, haverá mais artigos nesta série e espero que você goste deles também 😉
    Olha, acho que o problema é que as pessoas perdem a noção de como certas coisas são grosseiras e agressivas, e pensam que o estilo idade da pedra é normal…
    Beijo grande!

  • Oi Lu, tudo bem? Tenho acompanhado a "série' sobre o amor e gostado muito. Em nossa terrinha há muitos esteriótipos sobre o amor na batatolândia.
    Boa dica para as/os solteiros…rss.
    Beijos,
    Fernanda

  • Oi, Fernanda
    Que bom que você está gostando da série!
    Somos apegadíssimos a estereótipos na terrinha 😉 então acho sempre bom ver um outro lado, né?
    Beijo grande!

  • hahahahahaah pensei q fosse so eu q tivesse tido essa má impressao kkkkkk
    Lendo o seu post lembrei de um episodio de qnd cheguei na alemanha em 2010 como au pairchamei a minha ex gast kind de meine liebe e eles (os pais) comecaram a rir dizendo q de liebe a criança nao tinha quase nada kkkkkk depois foram me contar o que significava para eles e tal e levei tb um susto qndo a chamaram de ratinha kkkkkkkkkk

    adorei o post … tudo isso por causa do dia dos namorados? ainda acho q vc ta xonada kkkkkkk brinks

  • Ratinha é dose, né?
    Sim, Mari, os posts são para celebrar o dia dos namorados 🙂
    Beijos!

Deixe uma resposta para Marcela Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *