A paquera alemã

Hoje o assunto ainda é paquera, mas não aquela tão sutil como foi tratada no artigo de ontem. Se você não leu, aproveite e clique aqui.

É muito comum a gente ler e ouvir por aí que o povo alemão é um fracasso quando o assunto é paquera. Também não vamos exagerar, né? Não podemos confundir sutileza e lentidão com ausência.

Pegando

meme - paquera alemã

Essa paquera alemã que muitos estrangeiros interpretam com ‘parada’ e até ‘confusa’ pode ser muito clara e direta durante carnaval, festas do vinho, festas da cerveja e semelhantes. O povo fica mais soltinho.

A paquera também é mais descarada na vida noturna. Há locais que ficam famosos pela azaração que rola e atraem com isso muitas pessoas solteiras. Aí os passos da paquera até rolar um beijo ficam mais rápidos e curtos.

Muita gente se surpreende com a velocidade que as coisas assumem, especialmente quando logo depois dos primeiros beijos, mandam a real: ‘zu mir oder zu dir?’ – na minha ou na sua (casa)? Claro que ninguém do nada pula na sua frente e manda essa real. Tem que ter algo para aproximar as pessoas e aí entram as cantadas cumprindo seu papel… ou não.

Cantadas

As cantadas – Anmachsprüche – podem ser originais, engraçadas, ‘batidas’, atrevidas e até grosseiras. As velhas e nada originais ‘Kommst du hier oft?’ (Você vem sempre aqui?) e ‘Kennen wir uns nicht irgendwoher?’ (A gente já não se conhece de algum lugar?) também são utilizada por essas bandas de cá, mas tem muitas outras. Segue uma pequena seleção:

  1. ‘Schau mir in die Augen und ich werde dein Herz öffnen.’ – Olhe nos meus olhos e eu abrirei seu coração. 
  2. ‘Hier hast du ‘nen Euro, ruf zu Hause an und sag, dass du erst morgen wieder kommst.’ – Tome aqui um Euro, ligue pra casa e diga que você só volta amanhã. 
  3. ‘Entschuldige, aber waren wir im letzten Leben nicht total in einander verliebt?’ – Desculpa mas a gente já não estava totalmente apaixonado um pelo outro na última vida?
  4. Hat es weh getan, als du vom Himmel gefallen bist?’ – Doeu quando você caiu do céu?
  5. ‘Ich dachte immer, Engel hätten Flügel.’ – Sempre pensei que anjos tivessem asas.
  6. ‘All diese Kurven und ich ohne Bremsen!’ – Todas essas curvas e eu sem freios!
  7. ‘Sei anders als die anderen: Sage ‘Ja’!’ – Seja diferente dos outros/as: diga ‘sim!’
  8. ‘Wie wär’s wenn wir morgen zusammen frühstücken?’ – Que tal se a gente amanhã tomasse café da manhã juntos?
  9. ‘Wenn du mit mir schlafen willst, dann lächle kurz.’ – Se você quer dormir comigo, então dê um sorrisinho.
  10. Deine Augenfarbe passt perfekt zu meiner Bettwäsche!’ – A cor de seus olhos combinam perfeitamente com a minha roupa de cama!
E chega de paquera pelo momento. Amanhã tem o primeiro encontro. 

18 Responses to “A paquera alemã

  • Oi Lu…
    tudo bem?
    ainda estou por aqui, na terra do sol quente… rsrsr
    uma correria danada, sempre leio os post, porem não estou comentando no de ninguém, hoje resolvi dar um alo para vocês… Estou viva sim, mesmo com este calorzão aqui.
    Adorei as "cantadas", cada uma hem… rsrrs
    O post das dicas para se morar no exterior ficou muito bacana. Estava lendo e lembrando de quando saímos daqui… tempo voa.
    Ah! este ano quero visitar aqueles campos de tulipas, onde ficam mesmo???
    Bom beijos beijos e beijos Lu, bom fim de semana
    Ana Gaspar

  • Lu, fantástico esses dois últimos posts! hahah adorei!
    É super verdade que nas baladas e principalmente no carnaval as pessoas ficam mais soltinhas. Olha só, a primeira cantada que o Schatzi me deu foi numa noite de carnaval! hahaha
    Antes do branquinho aparecer na minha vida, tinha um garoto no trabalho que me convidou duas vezes pra sair e tomar um café com ele. Eu não aceitei, mas achei muito engraçado, porque nunca na vida fui cantada dessa forma. Que homem no Brasil vai chamar uma mulher pra tomar um café?! 🙂
    Quanto as cantadas é super engraçado que eles usem algumas que nós conhecemos em português. O branquinho vez por outra ainda me canta com essa Kommst du hier oft? hahaha morro de rir!
    Ai, vou adorar seguir essas postagens!!!!

    Bom restinho e sábado e ótimo domingo!
    beijos
    Ana

  • Oi, Ana!
    Quanto tempo! Sempre dou uma passadinha no seu blog para ver se tem novidades 🙂 Estou assustada com esse calorão que tá aí. Família e amigos reclamam o tempo inteiro que estão fritando com a temperatura…
    Olha, as tulipas, que foram até assunto de um artigo aqui no blog, ficam no Britzer Garten (Berlin). Elas fazem parte do Tulipan, um festival anual que começa por volta do meio de abril e vai até o meio de maio (depedendo da temperatura). É LINDO! Vocês vão amar ver todas aquelas tulipas de formas e cores tão diferentes 🙂
    Beijo grande!

  • Oi, Ana!
    Tá vendo aí? Uma testemunha da cantada carnavalesca rsrsrs
    Pois é, ninguém espera por convite para um café rsrsrs A intenção dos artigos é mostrar essas diferenças e quem sabe rir um pouco dessas situações de mal entendido.
    Beijo grande!

  • Obrigada, Lola!
    Bjs!

  • Oi Lu

    adorei o post … e aproveito pra avisar que postei na minha pagina, se vc não gostar posso excluir

    bjos

  • Oi, Mari!
    Muito obrigada por compartilhar o link do texto na sua fan page no Facebook 🙂
    Bjs!

  • Sim, Ana! É simplesmente maravilhoso 🙂
    Para não ficar nenhuma sombra de dúvida, deixo aqui o post onde falei sobre as tulipas:
    Bjs

  • Ana Gaspar
    4 anos ago

    Lu, e este local que se ve aquelas plantacoes enormes de varias cores????

  • Hahaha! Essas cantadas…
    A foto que você colocou no post ficou d+ ri muito.
    A paquera alemã é meio polêmica não? Já ouvi cada história maluca. Se por algum motivo extremo eu tivesse que morar na Alemanha e estivesse solteira, afff depressão na certa.
    Acho que estou meio viciada no seu blog, encontrei faz pouco tempo e sempre que posso dou uma escapadinha para ler 🙂

    Lu, no ano que vem se Deus quiser, pretendo fazer um curso intensivo de férias aí, e já li em outras situações que uma brasileira (turista) é identificada de longe por causa da roupa, como é isso? Você percebe a mesma coisa?
    Beijos

  • Claudia,
    fico muito feliz que você esteja gostando do blog! Acho que estava precisando ouvir uma coisa boa assim hoje 🙂 Muito obrigada!

    Depois com o tempo a gente se acostuma kkkk até ao estilo de paquera!

    Você já sabe em qual cidade vai fazer o curso? Seria bom se vc viesse para Berlin 🙂 Acho que a sua pergunta vale um artigo, viu? A resposta ficaria longa demais… Aguarde.
    Beijos e boa sexta!

  • Ebaaaa! Já estou ansiosa pelo post 😉

    Pois é, estou numa dúvida cruel entre Berlin e Düsseldorf.
    Beijos é ótimo fim de semana.

  • Bem, Claudia, aí eu não consigo ser imparcial kkkk. Venha para Berlin! 🙂
    Beijos e ótimo fim de semana!

  • Morri de rir com as cantadas alemães! Nossa, estou adorando seu blog!!

  • Obrigada, Aline! Espero que goste dos outros artigos também e volte sempre 🙂
    Beijo!

  • As cantadas são bem divertidas…
    Conheci seu blog hoje estou adorando, já li vários posts.
    Parabéns pelo blog.

  • Muito obrigada pela visita, Ani. Volte sempre!
    Um abraço!

Deixe uma resposta para Ana Gaspar Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *