Palavra indesejável

Palavras, palavras… São muitas e cada uma delas tem uma carga emotiva! Algumas são positivamente poderosas. Outras nascem com o estigma de desagradável. Você sabia que na Alemanha existe um júri que elege a palavra indesejável do ano?

Unwort

Foi um termo criado por linguistas para indicar palavras feias e indesejáveis. Desde 1991, um júri independente, composto por linguistas e jornalistas, escolhe a Unwort des Jahres.
 
Mas o que pode ser considerado Unwort? 

Princípios

A intenção é fazer com que os falantes fiquem mais sensíveis e críticos na escolha e no uso das palavras. É considerada indesejável uma palavra que:
– viole o princípio da dignidade humana;
– viole o princípio da democracia;
– discrimine um determinado grupo social;
– seja eufêmica ou um disfarce do sentido real, levando a conclusões erradas.

A campeã

Baseado nesse princípios, o júri escolheu Sozialtourismus como a campeã de 2013. A palavra ganhou destaque nos debates políticos sobre imigração no ano passado. Tanto no discurso político quanto no discurso da mídia surgiu a ideia de um imigrante indesejável.
Esse imigrante indesejável seria, especialmente, uma pessoa do Leste da Comunidade Europeia (leia-se: Romênia e Bulgária) que vem para a Alemanha para fazer turismo social, ou seja, tirar proveito do sistema social do país. Como cidadãos da Comunidade Europeia, essas pessoas tem o direito de livre acesso – Freizügigkeit – dentro dos países da Comunidade.
Unwort

Palavras indesejáveis campeãs a partir de 2003

Para entender melhor

Quando um país passa a fazer parte da Comunidade Europeia, não significa que seus cidadãos possam ingressar automaticamente no mercado de trabalho de outro país que já pertencia a Comunidade. Eles não precisam de visto, podem permanecer em outros países, mas trabalhar é outra história.
Cada país-membro tem a liberdade de restringir ou não seu mercado de trabalho aos cidadãos provenientes do novo país-membro por um período máximo de até 7 anos. É o caso da Croácia, aceita em maio de 2013, por exemplo. Para a primeira fase de adesão (os dois primeiros anos), treze países restringiram a entrada de croatas nos seus mercados de trabalho: Alemanha, Áustria, Bélgica, Chipre, Eslovênia, Espanha, França, Grécia, Itália, Luxemburgo, Malta, Países Baixos e Reino Unido.
Então, a adesão da Romênia e da Bulgária aconteceu em janeiro de 2007, portanto aquele prazo máximo de 7 anos de restrições encerrou-se. Isso significa que agora romenos e búlgaros têm total Freizügigkeit também ao mercado de trabalho.
E foi assim que partidos conservadores começaram a querer mudar as regras do jogo para alongar o período de restrição e Sozialtourismus entrou no discurso. A Unwort de 2013 distorce a ideia de prazer e lazer associada ao turismo, sugerindo de forma discriminatória que todos esses imigrantes estariam fazendo mal uso do direito de livre acesso.
O que você acha da escolha anual de palavras indesejáveis? Você concordou com a escolha da campeã de 2013?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *