Babbel: aprender pode ser um desafio divertido

É com muito prazer que apresento o primeiro guest post do Cerveja e Salsicha. Dando continuidade ao tema sobre aplicativos para aprender/praticar alemão como já visto aqui e aqui, Tatiana Santos  – a autora convidada – apresenta o app Babbel. Confira!

Guest post from Tatiana

Tatiana tem 20 anos e é natural de Cláudio, interior de Minas Gerais, Brasil. Apesar de nem ter passado perto, mantém um amor incondicional pela Alemanha. É um sentimento grande e bem recente. Ela começou a se interessar pelo lado germânico da vida em 2009, quando, por influência de um amigo, se apaixonou pela banda Scorpions. Depois disso, tudo que tem relação com Deutschland faz mais sentido para ela: o idioma, a música, o futebol, a história. Seu sonho? Conhecer esse país de castelos, frio, cerveja, histórias, superação e futebol encantador.

Quando comecei a estudar alemão, eu não tinha norte – como muitos outros aventureiros do universo autodidata. Não sabia para onde ir, de verdade. Em um desses meus dias sem rumo, encontrei o site Babbel. É uma plataforma que recomendo muito a todos os estudantes – não só os que apendem por conta própria. O aplicativo oferecido pelo site pode ser um excelente aliado ao seu estudo desse idioma que parece difícil, mas é muito lindo e interessante.

O Babbel.com

Claro, como na maioria dos sites, é necessário se cadastrar para usar o serviço. Com a conta criada, você tem acesso ao site e ao aplicativo, disponível para Android e iOS. Você pode usar a versão paga ou a gratuita. A diferença é que a primeira oferece informações mais profundas sobre o conteúdo e a segunda é restrita à aprendizagem de palavras e expressões, mas já é uma função e tanta!

Como o Babbel oferece inúmeros idiomas, você pode usar o site e o aplicativo na sua língua nativa. E, ao contrário de outros sites, não tem conflito de tradução. Nada de ficar metade da página em inglês e metade em português. É tudo muito bem feito.

No aplicativo

Eu considero a versão móvel mais interessante que no navegador. Pelo aplicativo, você aprende o vocabulário, memoriza as palavras, treina a pronúncia, audição e grafia, além de revisar tudo o que foi estudado de tempos em tempos de acordo com os erros.
Babbel thematic blocks

Na parte de vocabulário, as palavras e expressões são separadas por tema. Você escolhe qual grupo quer aprender, sem uma ordem definida. Essa autonomia do aluno é fantástica. Você não é obrigado a aprender números para depois aprender cores. O caminho é feito pelo usuário.

Outro fator interessante é a revisão geral. Quando passamos pela terceira etapa de cada grupo de palavras, esses termos recém-aprendidos vão para um grupo geral, onde estão todos os itens estudados. O próprio aplicativo tem um sistema que faz você revisar o conteúdo de tempos em tempos, justamente pra não acabar “esquecendo” uma coisa ou outra. As palavras que a gente erra mais aparecem na revisão com mais frequência.

Ao contrário de outras aplicações, essa não usa o esquema de associar palavras à imagens. Você tem que aprender a palavra, não decorar o significado da foto. As imagens são usadas e auxiliam muito, mas não é obrigado decorá-las para ter bom desempenho no estudo.
Babbel treinador de pronúncia

Mas alguns detalhes deixam a desejar. O treinador de pronúncia dá uma nota para cada vez que você pronuncia a palavra. Tem que ter um desempenho mínimo para passar para o próximo vocábulo. Os usuários lamentam o fato de não ter como saber o que está errado quando não conseguimos a “aprovação”. Eu, por exemplo, fiquei horas na palavra “fünf” e só muito depois descobri que meu problema era com o “ü”.

O aplicativo mostra a palavra com os artigos, mas não cobra do aluno o domínio dos mesmos. Uma falha muito grave, na minha opinião. Quem conhece um pouco do idioma sabe o quanto é importante aprender.

No navegador

A versão web do site também possui recursos excelentes. Além de poder revisar o conteúdo aprendido pelo aplicativo, é possível interagir com outros estudantes, como uma rede social normal.

O site disponibiliza grupos separados por idioma. E o alemão é um dos mais movimentados. Pra quem está começando agora é normal se perder e não conseguir acompanhar o ritmo da conversa. Nessas horas a gente também tem que lidar com o “internetês”, as abreviações e a falta de iniciais maiúsculas no ambiente virtual.

Um aplicativo simples, com uma versão gratuita que atende bem e faz o estudo ser mais divertido e interessante. Esse é o Babbel, indispensável no meu smartphone e tablet.

10 Responses to “Babbel: aprender pode ser um desafio divertido

  • Olá, bem legal a postagem. Eu sempre recebo propagandas do babel no meu email mas nunca fui ver como funcionava. Agora você fez eu me interessar em conhecer. Vou lá dar uma olhada. Valeu pela sugestão.

    Katarina )

  • Oi Lu!
    Que legal o guest post e a dica! Esse app eu não conhecia, vou baixar agora mesmo! Parabéns para a Tatiana, pela força de vontade de aprender alemão. Espero que ela consiga realizar o sonho de visitar o país dos castelos logo logo! 🙂
    Abraços
    Ana

  • Oi, Katarina
    legal saber que a postagem deu uma força para você testar o aplicativo! Temos que agradecer a Tatiana 🙂 Espero que você teste e goste.
    Um grande abraço

  • Oi, Ana!
    Eu só conhecia do anúncio, que de tão insistente, achei que fosse ruim rsrsrs aquela coisa de querer empurrar produto…
    Também espero que a Tatiana possa realizar o sonho de conhecer a Alemanha 🙂
    Um grande abraço

  • Também espero conseguir realizar meu sonho *-* Mas antes, tenho que ficar fera no idioma, né? Rss
    Bjus

  • Já eu passei a receber propagandas depois de começar a usar. Antes nem conhecia. Foi puro Google mesmo e adorei os recursos!

  • Boa dica!
    Mas Lu minha cabeça esta longe do alemãooo… rsrsr
    Estou indo para o Brasil agora quarta, então imagina né a cabeça?!
    Passei aqui para deixar um FELIZ NATAL!!! e um super 2014! beijaooo flor

  • Bota na listinha de metas para 2014, Tati 🙂
    Mas para visitar, não precisa estar fera no idioma…
    Bjs

  • É mesmo, Tati? Sempre aparece anúncios do Babbel pra mim 😉

  • Obrigada, Ana! Desejo para você o mesmo em dobro!
    Antes de viajar a gente fica meio louca mesmo, né? Posso imaginar como está…
    Bem, a dica do app fica então para quando você voltar 😉
    Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *