Fim de estações

Andei um pouco sumida daqui… Tive que refazer meus horários para deixar tudo preparado e organizado para minha viagem.  No momento, escrevo diretamente do Brasil. É uma pena que esta seja a última semana, mas estou muito feliz que tenha conseguido vir para cá.

Deixei para trás um verão lindo em Berlin e cheguei no inverno carioca: quente como sempre. Logo percebi que trouxe roupas desnecessárias. Está bem quente… quente mesmo!
praia do flamengo

pela janela do meu quarto…

Foi uma emoção muito grande rever família e amigos depois de uma pausa de 4 anos… O tempo passa! A família cresceu, primos e primas casaram, crianças nasceram, outras estão vindo por aí. Infelizmente, algumas partiram, mas é o ciclo da vida… é o ciclo da natureza. Está uma delícia passar os dias com minha sobrinha. Ela cresceu muito e está uma pimentinha! Tenho a impressão que ela logo, logo ela vai me passar (o que não é muito difícil com toda essa minha altura). A programação infantil está divertida: cinema com muita pipoca, refrigerante e balas (permissões de tia), boliche, montar Lego Friends, ler juntas o ‘Diário de um banana’, brincar com a Polly, entre outros.
Quando retornar, deixarei a primavera para encontrar o outono… De um lado as flores estão nascendo e de outro a natureza vai diminuindo o ritmo. É como a vida, não é mesmo? Há momentos mais agitados, momentos mais calmos, porém todos trazem um ensinamento. Vejo mais uma vez que quando há amor, amizade e laços não é o tempo nem a distância que podem enfraquecer a relação entre as pessoas. Concordo que tem hora que webcam e chat não dão conta. A gente quer mesmo é dar um abraço apertado e um beijo gostoso nas pessoas queridas. E isso eu tenho feito demais!
Não vai ser muito fácil na hora de embarcar. Despedidas sempre são complicadas…mesmo sabendo que foi minha opção viver em outro país. Cada um tem seu caminho e estou muito tranquila com a escolha do meu. Bem, agora eu vou ali curtir o restante da minha estadia. Logo volto à rotina em Berlin.

6 Responses to “Fim de estações

  • Lu, que post lindo! Até me emocionei, porque logo mais também vou ver toda a minha família. Se eu, que depois de 1 ano, já estou louca de saudade, imagina você…4 anos!!! Curta bem muito os últimos dias aí, querida!
    Grande beijo
    Ana

  • Oi Lu!
    como disse a outra Ana, 4 anos!!!! Nossa eu desde que cheguei não fiquei um ano sem ir, fui em dezembro e cheguei aqui no final de fevereiro, Agora estou indo novamente em dezembro e volto pra cá somente me março… Tenho muito apego a minha família.
    Quando li seu texto, senti como você é forte. Quero dizer que eu coloco muito este "peso"pra mim, esta divisão, como se nenhum dos lados tivessem tudo… nossa conversa longa viu…
    Curta muito esses últimos dias, MUITO!
    beijão e esperamos você aqui com folhas amarelas e vermelhas no chão… rs

  • Oi Lu, bom te "ler" de volta e saber que o sumiço foi por um ótimo motivo.
    Curta muito a sua família e um bom regresso à rotina em Berlin.

    Beijos,
    Fernanda

  • Oi, Ana!
    Estou curtindo muito sim! Estou adorando esse tempinho aqui 🙂
    Quando você planeja vir ao Brasil?
    Grande beijo,
    Lu

  • Olha, Ana, aproveite enquanto dá para você visitar todos os anos e ficar o tempo que você quiser!
    Ainda no primeiro ano, tive condições de voltar ao Brasil e ficar mais de 2 meses. A questão é que com o passar do tempo, outros compromissos vão sendo assumidos… vai ficando mais difícil simplesmente pegar a mala e se mandar de uma hora para outra. Às vezes surgem problemas no meio do caminho…
    Não sei se é força, Ana. Acho que é a necessidade de entender que existem opções e que cada uma delas traz coisas boas e ruins. Só com esse entendimento da minha opção foi possível viver tranquila. A saudade é grande, claro!, mas eu não estou em exílio forçado 😉 Até o momento, a minha decisão é retornar à Alemanha e seguir minha vida lá. Porém, quando eu perceber que essa fase se completou e é preciso começar outra em outro lugar, começo de novo então.
    Quem sabe ainda não pinta aquela onda de calor no fim de setembro/início do outubro, né? Vou adorar passear pelas folhas amareladas com o restinho dos raios de sol!
    Beijo grande!

  • Oi, Fernanda!
    Estou aproveitando cada minutinho porque passa muito rápido, né? Nem estou pensando no retorno a Berlin rsrsrs Estou totalmente concentrada nos momentos passados aqui 😉
    Beijo grande!

Deixe uma resposta para Anônimo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *