Malzwiese

Malzfabrik

Malzfabrik

Ar-livre: essa é a palavra de ordem da primavera-verão. Tem teatro, cinema, concertos, feiras e muito mais. Mesmo que o tempo não ajude muito, é legal aproveitar os inúmeros eventos ao ar-livre organizados nesse período. Como poder ficar horas e horas do lado de fora é artigo de luxo por essas bandas, o público entende e comparece em grande número.

Pois então, no último sábado o tempo decidiu colaborar e, após o meio-dia, fez uma tarde linda de sol, calorzinho e céu azul. Foi um presente para quem decidiu prestigiar a Malzwiese, festa de verão que aconteceu pelo terceiro ano consecutivo na Malzfabrik.
 

Malzwiese

Augen zu und tanzen

Olha a sacolinha 🙂

O foco da festa é apresentar ideias e pessoas comprometidas com produtos orgânicos e ecologicamente corretos, além de apoiar o consumo consciente. A entrada é gratuita, mas quem quiser pode contribuir para projetos sociais. Quem deixou sua contribuição este ano, recebeu uma sacolinha com sementes, CD e cupons de desconto.

Sempre tem expositores com ideias interessantes, como a ECF que se dedica ao planejamento e cultivo de plantas pelo sistema aguapônico. Ou ainda a Shelter Box, organização que trabalha na entrega de caixas de sobrevivência para vítimas de catástrofes. As caixas têm ferramentas, utensílios de cozinha, mantas isolantes, uma barraca para até 10 pessoas, entre outros objetos úteis para minimizar o sofrimento das vítimas.
 
O ponto alto do evento fica por conta do programa de shows. Os artistas que se apresentam são ainda um pouco desconhecidos, pelo menos da grande maioria, mas com isso sempre tem umas surpresas legais. 
 
Em 2011, as performáticas meninas do Laing conquistaram o público. Hoje, elas já têm até músicas sendo usadas em anúncios. Esse ano, a boa surpresa ficou por conta de Tanga Elektra e de Elias
 
Depois do encerramento das atividades ao ar-livre, a festa passou para o lado de dentro. A festa  ‘Augen zu und tanzen’ (Feche os olhos e dance) garantiu muita música e diversão pela madrugada a fora.
Malzwiese 2013

Malzfabrik 

Tudo isso acontece no local onde ficava a antiga fábrica de malte da cervejaria Schultheiss. Em 1914, a cervejaria decidiu construir uma fábrica moderna para produzir malte e abastecer sua e outras cervejarias. Porém, com o início da 1ª Guerra Mundial, a cervejaria passou por dificuldades. Só então em 1926 é que começou de verdade a produção do malte.
Wiese 2011

Wiese 2011: ainda no início do processo de renaturalização

Wiese 2013

Wiese 2013: como as plantas cresceram!

A fábrica ainda está lá, mas hoje o local é ocupado por artistas, firmas e organizações voltadas para desenvolvimento sustentável e inclusão social. Toda a área foi reestruturada tendo em mente padrões de sustentabilidade. Foi realizada também a renaturalização de 15.000m2 com espécies da região. Vale a pena conhecer o local.

Você gosta de eventos ao ar-livre? Qual é seu evento preferido?

8 Responses to “Malzwiese

  • Parece bem legal! Eu adoro esse tipo de programação ao ar livre e quando o tempo colabora é ainda melhor! Esse final de semana fomos em Fürth levar alguns móveis pro ap novo e estava tendo em uma cidade vizinha um pequeno festival, muita gente no meio da rua, tendas e barraquinhas com bolos…pena que o pai do kili não quis ficar, a gente ainda insistiu tanto…
    Ah Lu, eu adoro essas festinhas típicas e sou uma das poucas que gosta das músicas alemãs que tocam, que são sempre as mesmas em qualquer lugar! hahah mas eu gosto!
    beijos
    Ana

  • Eu também gosto dessas festinhas com barracas e coisas típicas. Quanto às músicas que tocam… nem todas, Ana rsrsrs Algumas são divertidas 🙂
    Já levando as coisas para o ap novo… Tá chegando a hora, né? Torcendo para tudo correr bem!
    Beijos

  • Olha vou compartilhar da opinião de vocês duas acima, gosto das festinhas também, principalmente ao ar livre,porém das musicas "pero no mucho"!!

    Beijossss Lu

  • Sim Lu, já levamos uma parte que ele tinha, vou levar algumas coisas daqui, mas vamos ter que comprar grande parte dos móveis, pois tudo que tenho é mto pequeno pro ap que eh bem maior que o meu. Segunda ele começa no emprego novo!!! Estamos bem ansiosos! Obrigada pela torcida!
    Um beijão

  • kkkkk adorei o 'pero no mucho', Ana! Tem umas que abusam do direito de ser brega! Ai não dá para ouvir mesmo porque dá enjoo 😉
    Beijos

  • Imagino a ansiedade! Desejo que ele tenha um bom início no emprego novo! E quando você vai pra lá?
    Só fui uma vez a Fürth quando estava em Nürnberg. Fui com uma amiga, corria tudo muito bem e os planos eram outros… até a gente passar por um outlet de sapatos 🙂 Não preciso dizer mais nada, né? Essa é minha lembrança de Fürth.
    Beijos

  • Outro dia eu até comentei que o povo só falta dormir ao ar livre no verão aproveitando cada segundinho e eu tbm estou entrando nessa onda rsr.
    Eu queria comprar muito mais produtos ecologicos pena que é caro mas de vez em quando se encontra até pelo mesmo preco dos produtos normais, nessas horas eu sempre compro.
    bjokass

  • Tem que aproveitar, né? O sol dura pouco rsrsrs
    Renata, acho complicado falara atualmente sobre o fator 'preço de produtos'. Tem muita coisa barata por aí sendo produzida graças à exploração até as últimas consequências de outras pessoas 🙁
    Bjs

Deixe uma resposta para anapaulaner Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *