Pensando no meio ambiente

Hoje, justo no dia mundial do meio ambiente, tive o desprazer de bater os olhos num Tweet de um ser desorientado, dizendo que andar de bicicleta para ajudar na preservação do meio ambiente é bobeira. Todo mundo fala em mudanças climáticas, desmatamento, poluição e lamenta que a natureza esteja tão degradada… bla bla bla. Mas quem move uma palha, muda uma pequena coisa para causar um impacto menor na natureza?

Pequenas mudanças

– Não escove os dentes com a torneira aberta.
– Não deixe os aparelhos em modo stand-by. 
Acenda somente as luzes dos locais que necessitam iluminação.
– Desligue os aparelhos quando não estiverem em uso. Pode parecer mentira, mas dividi apartamento com uma pessoa que deixava o rádio e o computador ligados no quarto dela e saia pra balada.
– Andar faz bem a saúde. Pegar o carro pra comprar um pãozinho na padaria que fica a 500 metros de distância de casa é demais para minha cabeça.
– Faça compras com sacolas reutilizáveis.
– Se você se sente seguro, utilize a bicicleta (pelo menos) para trajetos curtos.

Não creio que sejam mudanças que causem tanto sofrimento assim, né? É questão de costume. Então, uma mudança de cada vez é um bom ritmo.

Os 3 Rs: reduzir, reutilizar e reciclar

Abfall
Cada compartimento para um tipo de lixo

Em março deste ano, o ministério da agricultura alemão lançou a campanha Zu gut für die Tonne (bom demais para a lata de lixo) com a meta de reduzir o desperdício de alimentos. Segundo estudos, cada alemão joga fora por volta de 81kg de alimentos por ano.

Berliner Stadtreinigung (companhia de limpeza de Berlin) e seus parceiros têm trabalhado para orientar sobre a importância da redução e seleção do lixo. O lixo seletivo é parte do dia-a-dia na Alemanha, mesmo assim a companhia quer uma participação ainda maior dos domicílios e com isso recolher mais material reciclável. Existe ainda um projeto que visa a troca ou a doação de objetos que as pessoas não queiram mais através do site criado pela companhia.

E pra quem fica em dúvida na hora de jogar o lixo, o projeto Trenntstadt-Berlin orienta sobre os diversos tipos de lixo e o latão específico para cada um deles. Aliás, tem bastante coisa interessante por lá, vale à pena conferir.

2 Responses to “Pensando no meio ambiente

Deixe uma resposta para Ana Gaspar Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *