Medo de água

Tem duas coisas que acho que todo alemão sabe: andar de bicicleta e nadar. Mesmo que nade só o crawl ou que use a bike meio desengonçado, mas sabe. Como foi abordado no post anterior, na quarta série, as crianças fazem uma prova para testar a habilidade com a bicicleta. Com a natação não é diferente.

Saber nadar, ou pelo menos sobreviver dentro da água, é considerado fundamental aqui. Muitos pais inscrevem os filhos, por conta própria, em cursos de natação, preparando as crianças para o contato com a água sem medo e com segurança. Mas nem todas as crianças tem essa oportunidade, então entra a escola para tentar oferecer um mínimo e tentar igualar a situação. Portanto, a natação faz parte das aulas de Educação Física. Quando a escola não tem piscina própria, as crianças frequentam as piscinas municipais.
Seepferdchen - certificado de natação
Seepferdchen: primeiro certificado
natação
Por volta da terceira série, começam as aulas de natação. As crianças recebem noções básicas como dar braçadas, boiar, chegar com segurança até a margem e mergulhar. Uma vez que elas dominem essas noções, elas fazem então uma prova. Para receber o certificado de iniciação à natação, que é chamado de Seepferdchen (cavalo-marinho), elas devem nadar 25 metros e mergulhar numa profundidade equivalente à altura dos ombros para pegar um objeto no fundo da piscina.

As crianças que já têm o Seepferdchen, são treinadas para fazerem as provas de níveis mais altos. Para crianças e jovens com menos de 18 anos, existem três níveis do certificado de natação juvenil: bronze, prata e ouro.

Eu, boba, não pergunto mais a uma criança se ela já tem Seepferdchen. Recebo aquela olhada, tipo ‘isso é coisa de bebê’ e ainda levo na cara que ela já tirou o certificado nível bronze e às vezes até prata. Fico com aquela cara sem graça, né? Não tenho medo de água – nunca tive – posso mergulhar e boiar numa boa, mas nado SE (sem estilo) porque nunca fiz um curso. Aprendi a me virar na água nas praias e piscinas da vida.

Mas não é que o tal do certificado faz falta? Há alguns anos, surgiu a oportunidade de fazer um curso de mergulho autônomo (aquele com cilindro de ar). Fiquei barrada porque não tinha como comprovar minhas habilidades de natação. Quando falei para minha amiga que nem o Seepferdchen eu tinha, ela me olhou como se eu fosse de outro planeta! Pois é, aqui todo mundo tem…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *