Dia Mundial do Livro

Ficou estabelecido pela UNESCO que o dia 23 de abril seria uma data para celebrar a leitura, os livros e o culto à palavra escrita. Então, para tornar a data memorável, livreiros, editores e associações da Alemanha se uniram em quatro frentes de ação que visam o incentivo à leitura, o contato com os livros, livrarias e bibliotecas.

A primeira ação foi uma campanha de distribuição de vale-livros. Os professores tiveram até janeiro para inscrever suas turmas de quarta e quinta séries. Os vales já foram enviados e os alunos tem até maio para retirar o livro ‘Ich schenk dir eine Geschichte’ (Eu lhe dou uma história de presente) numa das livrarias participantes. Além de incentivar a leitura, a idéia é levar as crianças até às livrarias.

Der moderne BuchdruckO objetivo da campanha Lesefreunde, amigos da leitura, é fazer de cada leitor um divulgador do prazer da leitura. Foram inscritos 33.333 leitores e cada um pôde escolher um dos 25 títulos disponíveis. Agora eles recebem uma caixa com 30 exemplares do título escolhido para distribuir, especialmente para as pessoas que não têm muito contato com a leitura. Os títulos foram doados por 20 editoras.

O contato entre autor e leitor foi o foco do sorteio entre as livrarias. Setenta e seis autores estarão pessoalmente nas livrarias sorteadas fazendo leitura de suas obras.

Para encerrar o dia 23, artistas, autores, jornalistas, músicos e esportistas vão contar sobre seus contatos com a leitura e os livros. Weltnacht des Buches, noite mundial do livro, acontecerá em Hamburg a partir das 17:30.

Mesmo com tantos incentivos, o tempo que os alemães gastam com a leitura de livros, jornais e revistas vem diminuindo comparado a outros meios. Ações como a comemoração Dia Mundial do Livro tentam reverter esse quadro.

Visite o Cerveja e Salsicha no Facebook e participe da pesquisa sobre autores alemães.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *